ROCK IN RIO LISBOA: MÚSICA ELETRÓNICA EM DESTAQUE NO PARQUE DA BELA VISTA

Escrito por 100% DJ | 365 Dias ao Ritmo da Noite
Publicado em 09 junho 2016
 
O Rock in Rio esteve de volta ao Parque da Bela Vista, em Lisboa. Este ano a música eletrónica foi um dos grandes destaques do festival, que mais uma vez contava com um DJ internacional no Palco Mundo.
 
Avicii, Carl Cox, Carlos Manaça, DJ Vibe, Poppy, Dynamic Duo, Dan Maarten, Pedro Cazanova, Diego Miranda, Amanda Chang, Beatbombers e Alok foram alguns dos artistas de música de dança convidados para o festival de origem brasileira.
 
Este ano, o palco de música eletrónica alcançou uma grande procura, desde as pool parties ao final da tarde e até à madrugada do dia seguinte. Não houve cabeça de cartaz do Palco Mundo que fizesse esvaziar a pista de dança do Rock in Rio Lisboa. 
 
Passaram pelo Parque da Bela Vista 329 mil pessoas de mais de 15 países diferentes durante os cinco dias de festival. A edição de 2018 já foi confirmada pela organização e promete surpresas.
 

NOVIDADE NO PALCO ELETRÓNICO

Uma das grandes novidades da edição deste ano foram as pool parties do palco de música eletrónica, que decorreram entre as 18 e as 21 horas. Com um ambiente inspirado em Las Vegas, os festivaleiros foram convidados a experienciar uma verdadeira sunset party com direito a piscina.
Dynamic Duo, Poppy e Dan Maarten foram alguns dos artistas que deram música aos festivaleiros presentes na piscina do Rock in Rio Lisboa. No penúltimo dia Olga Ryazanova foi obrigada a cancelar a sua atuação devido a um atraso no voo e foi substituída por Paula Chalup.
 

OH YES! OH YES! CARL COX NO ROCK IN RIO

Uma das maiores lendas da música eletrónica mundial esteve presente no Rock in Rio Lisboa e encheu o recinto do palco eletrónico do festival. O line up da mesma noite era de luxo, com os ‘mestres’ nacionais Carlos Manaça e DJ Vibe.
Carl Cox foi recebido de braços abertos pelos seus ansiosos fãs portugueses. Em agosto, o DJ está de volta a Portugal, desta vez no festival NEOPOP em Viana no Castelo.
 

PORTUGAL E BRASIL DE MÃOS DADAS

O nosso país e o território carioca sempre estiveram juntos em todas as edições do Rock in Rio Lisboa e este ano não houve exceção. Além dos lusitanos Diego Miranda, Pedro Cazanova, Beatbombers, DJ Vibe e Carlos Manaça, o palco de música eletrónica do festival contou também com a presença dos brasileiros Alok e Amanda Chang.
 

UMA DAS ESTREIAS NO ROCK IN RIO

O DJ e produtor português Dan Maarten realizou a sua estreia no festival Rock in Rio Lisboa nas novas pool parties e considera que “é um reconhecimento do trabalho que tenho vindo a ter até agora. Claro que tocar num festival com esta envergadura é sempre um marco na carreira. Espero que daqui a dois anos esteja aqui outra vez e que abra portas para outras coisas”, confessou o artista ao Portal 100% DJ.
O seu mais recente single, “A Little Love”, já alcançou o Top 100 do Shazam por diversas vezes e está presente na banda sonora na nova novela da TVI intitulada de “Massa Fresca”. “Estou muito contente porque é o meu primeiro single a sério desde que eu tenho este projeto a solo e o feedback, na minha opinião, não poderia ser melhor”, afirmou Dan.
Para o futuro do seu projeto, referiu que já tem novas músicas a sair, como é o caso “Down On You”, revelado em primeira mão e em exclusivo ao Portal 100% DJ, uma colaboração com Alon que possivelmente verá a luz do dia ainda este verão. Em relação a uma colaboração de sonho, o artista afirmou que gostaria de trabalhar com Michael Calfan ou Jauzz mas “para já, a minha colaboração de sonho é comigo próprio, ter bons songwriters a trabalhar comigo, bons cantores e criar o meu caminho sem precisar de estar a colaborar com alguém”.
Sempre atento às novidades, Dan Maarten considera que Portugal está recheado de novos talentos no mundo da música eletrónica, como é o caso de Francisco Cunha e Zinko.
 

PRESENÇA ASSÍDUA NO FESTIVAL

O ‘mestre’ DJ Vibe é um dos artistas com presença assídua nos festivais Rock in Rio, seja em Lisboa, Las Vegas ou Brasil. Este ano, subiu ao palco antes de Carl Cox. 
Há dois anos atrás, Vibe ocupou a “aranha” eletrónica com um dos projetos mais importantes deste género musical em Portugal: “Os Underground Sound Of Lisbon”, com Rui da Silva, autores do clássico “So Get Up”. Sobre um possível regresso da dupla, Vibe respondeu que “nunca se sabe”, pois “o Rui vive em Londres e as coisas não são muito fáceis. (...) Não sei de hoje para amanhã, se poderá aparecer alguma coisa de novo” deste projeto.
Para o futuro, está previsto o lançamento de uma colaboração com Fauvrelle, intitulada de “Newtons” na editora de Dixon, bem como alguns temas originais durante este verão.
 

AVICII ENCERRA EDIÇÃO 2016

Foi a primeira e a última vez que Avicii esteve em Lisboa. Depois de anunciar a sua retirada das digressões, o DJ e produtor sueco esteve presente em Portugal para se despedir dos seus fãs, com uma atuação enérgica, repleta de efeitos visuais, pirotecnia, c02 e fogo. 
Durante o seu set, grande parte do catálogo musical incluiu alguns dos seus maiores êxitos como “I Could Be The One”, “Hey Brother”, “Seek Bromance”, “Addicted To You”, “Waiting For Love” e “Wake Me Up”. Depois de reproduzir temas de colegas como David Guetta, Blasterjaxx ou Sebastian Ingrosso, Avicii terminou a sua atuação em grande: com o hit “Levels” e no final a versão dubstep assinada por Skrillex, recheada de pirotecnia que levou o público ao rubro. A última atuação de Avicii vai ficar para sempre na memória das 47 mil pessoas e ficou registada pela SIC Radical. 
 
Confere aqui a lista de faixas reproduzidas por Avicii no Rock in Rio Lisboa e em baixo, a reportagem fotográfica de Jorge Afonso.
 
 
 
 
 
 

Últimas Noticias

Mais Lidas

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais.